domingo, 26 de setembro de 2010

SEM AMOR PRÓPRIO, NÃO SE SABE ADMIRAR O BELO PARA SEPARAR-SE DO HORRÍVEL.

UMA NOTA DEBOCHADA DE OLAVO DE CARVALHO!!!!!
A PROSTITUTKA SOVIETKAA PROSTITUTKA SOVIETKA
NÃO LEU, É?... E O QUE AMBOS DEFENDEM DESDE ANTES DE 1964????

BRAZILIAN LIVE STEAM: MIKADO 255 SOROCABANA (SOROCABAN) BY ARNALDO BOTTAN

O feromodelismo é um hobby que por sua natureza (base) nos traz muita cultura. E é através da pesquisa sobre a rotina do desenvolvimento das ferrovias do Brasil que se pôde aprender uma das razões do Brasil ser um país subdesenvolvido por séculos. Conheça esse nível elevado do ferromodelismo o live steam model railroading (ferromodelismo de vapor real).
The model railroading is a hobby that by its nature (basis), it brings much culture. Through research about the routine of the development of the Brazilian railroads we can learn from the reasons Brazil is a underdeveloped country for centuries. Know this high level of model railroading the live steam model railroading.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

BLOGS DE REFERÊNCIAS

Pessoal,

Eu quero evitar de misturar assuntos gravíssimos de política aqui no blog e também tenho de fazer uma limpeza em certos posts, adaptar outros para ficar bem bonitos para vocês. Então eu vou deixar os links dos blogs de notícias estratégicas que eu leio para vocês consultar e assim o nosso blog ficar mais fácil de localizar matérias de ferromodelismo. Assim eu consigo facilitar a leitura de vocês sobre os dois tipos de assuntos.

Os links são www.alingua.blogspot.com e www.filha-dilma-puta.blogspot.com (esse está pegando fogo! Hehehe!!!!)

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

UMA ATRAÇÃO DO "PARTIDÃO" (PCdoB) PARA VOCÊ!!!!!!!!!

Ferromodelista DECENTE
NÃO vota em bando de insolentes!
ELE ESTÁ COM DILMA!
DILMA ESTÁ COM ELE!
"OS SOQUINHOS NA GEEEEENTEEEEE!!!!"

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

ALGUÉM JÁ TENTOU FAZER ISSO COM MINI LOCOMOTIVAS?

Quem já usou o shampoo de lavagem a seco para carros em ferromodelos e teve ótimos resultados, relate aqui a sua experiência em adicionar comentários.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

PROJETOS PARA AS FERROVIAS METROPOLITANAS DO BRASIL

Serra Presidente - Programa de 09/09 (noite) from Jose Serra on Vimeo.

TREM MANIA AGORA TEM WEB SITE PRÓPRIO!

A loja Trem Mania de Jundiaí agora tem web site próprio. Para quem curte trilhos COD83, a Trem Mania é a loja mais completa do Brasil. O link é www.tremmania.com.br. Prestigie!

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

NOTA DO DIA


QUANDO MULA COSPE PINGA E FAZ CARA DE DIABO COMO SE ESTIVESSE SENDO CORAJOSO E FALA QUE UM CRIME PROVADO PELA POLÍCIA NÃO EXISTE, É PORQUE ELE AINDA ACREDITA QUE A MENTIRA DELE VAI COLAR E DESPISTAR A POLÍCIA QUE JÁ ESTÁ A UM PASSO ATRÁS DELE. MULA MENTE PRA SI PENSANDO QUE MENTE PARA OS OUTROS.
.
COMO O OLAVO DE CARVALHO DIZ, MULA TEM UMA MENTE PERVERSA, DOENTIA E MESMO SENDO ESPERTO PARA A MALDADE, SE JULGA INTELIGENTE, MAS NÃO PERCEBE QUE A SUA ALMA ESTÁ CONDENADA AO INFERNO PORQUE A MAIOR PARTE DA VIDA DELE ESTÁ DEDICADA AO SISTEMA POLÍTICO DE SATÃ, O COMUNISMO COM TUDO QUE É DE MAIS PERVERSO EMBUTIDO.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE MULA E CHÁVEZ? CHÁVEZ É MEMBRO DO FORO DE SÃO PAULO. MULA É O DONO!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

NOTA

Prezados Leitores:

A matéria Como Fazer Maquetes Ultra Realísticas tinha as fotos alimentadas pelo web site da Model Railroader Magazine. Como a matéria foi removida de lá, as fotos foram junto. Eu vou tentar recuperar as fotos. Peço-lhes desculpas pelo ocorrido. Todavia eu penso em melhorar aquela matéria e deixá-la na primeira página ;-)

Um abraço,

Cristiano

Serra, Serra, Serrador, Serra o papo do Terror!

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

PIADAS POÉTICAS SOBRE TEMPOS HORRÍVEIS (VERMELHOS)

FANTÁSTICO!

Da obra do poeta popular Miguezim de Princesa, paraibano radicado em Brasília, os dois cordéis abaixo:

Miguezim de Princesa

Quando vi Dilma Roussef
Sair na televisão
Com o rosto renovado
Após uma operação,
Senti que o poder transforma:
Avestruz vira pavão.

De repente ela virou
Namorada do Brasil:
Os políticos, quando a vêem,
Começam a soltar psiu,
Pensando em 2010
E nos bilhões que ela pariu.

A mulher, que era emburrada,
Anda agora sorridente,
Acenando para o povo,
Alegre, mostrando o dente,
E os baba-ovos gritando:
É Dilma pra presidente!

Mas eu sei que o olho grande
É na montanha de bilhões
Que Lula botou no PAC
Pensando nas eleições
E mandou Dilma gastar,
Sobretudo nos grotões.

Senadores garanhões,
Sedutores de donzelas,
E deputados gulosos,
Caçadores de gazelas,
Enjoaram das modelos,
Só querem casar com ela.

Eu também quero uma lasquinha
Uma filepa de poder
Quero olhar nos olhos dela
E, ternamente, dizer
Que mais bonita que ela
Mulher nenhuma há de ser.

Eu já vi um deputado
Dizendo no Cariri
Que Dilma é linda e charmosa,
Igual não existe aqui,
E é capaz de ser mais bela
Que Angelina Jolie.

Dilma pisa devagar
Com seu jeito angelical,
Nunca deu grito em ninguém
Nem fez assédio moral
Ou correu atrás de gente
Com um pedaço de pau.

Dilma superpoderosa:
8 bilhões pra gastar
Do jeito que ela quiser,
Da forma que ela mandar,
Sem contar com o milhão
Do cofre do Adhemar

Estou com ela e não abro:
Viro abridor de cancela,
Topo matar jararaca,
Apagar fogo na goela,
Para no ano vindouro
Fazer um PAC com ela.


Sobre a decisão do Ministério da Saúde de adquirir gel lubrificante para "reduzir os danos" nas relações sexuais anais, que revoltou muita gente, mas inspirou o poeta popular Miguezim de Princesa, que, com muita graça, compôs o cordel "Bolsa-Vaselina".

Bolsa vaselina


Miguezim da princesa

I
Sem ter mais o que doar,
O Governo da Nação
Resolveu, virando os olhos,
Gastar mais de R$ 1 milhão,
Doando para os viados
Bolsa-lubrificação.

II
Quem tem o seu pode dar
Da forma como quiser
Seja feio, seja bonito,
Seja homem ou mulher,
E tem de agüentar o tranco
Da forma como vier.

III
O Governo Federal,
Que em tudo quer se meter,
Decretou que o coito anal
Tem mas não pode doer
E o Bolsa-Vaselina
Surgiu para socorrer.

IV
Quinze milhões de sachês:
A farra está animada!
Vai ter festa a noite inteira,
Até mesmo na Esplanada,
Sem ninguém sequer sentir
A hora da estocada.

V
Coitada da prega-mãe,
Vai perder o seu valor,
Pois é ela quem avisa
Na hora que aumenta a dor
E protege as outras pregas
De algum violentador.

VI
O governo quer tirar
Do gay a satisfação,
Como mulher sem prazer
(Fonte de reprodução),
Porque tanta vaselina
Vai tirar a "sensação".

VII
- É para reduzir danos!
- Defende logo um petista.
Porque na hora do coito
Dá um escuro na vista
E a dor é tão profunda
Que eu sinto dó do artista.

VIII
- Mas tu já desse, bichim?
- pergunta Zé de Orlando.
O governista sai bravo,
Dando coice e espumando,
Pega o "rabo de cavalo"
E sai no dedo enrolando.

IX
O Brasil é mesmo assim:
Prostituta tem prazer,
Vagabundo tira férias,
Se trabalha sem comer
E quem dá o ás-de-copas,
Dá, mas não pode doer.

X
O governo resolveu
Dar bolsa pra todo mundo
E criar um grande exército
De milhões de vagabundos
Só faltava esta bolsa
De vaselinar os fundos."

VALOR À PRODUÇÃO NACIONAL (ESTÍMULO E MENOS TRIBUTOS) E COMBATE AO SUSTENTO DO PT (NARCOTRÁFICO)

ESPERO QUE COM JOSÉ SERRA, NÓS FERROMODELISTAS POSSAMOS TER MAIS LIBERDADE ECONÔMICA/FINANCEIRA PARA DESFRUTARMOS MAIS O NOSSO HOBBY TÃO AMADO QUE HOJE ANDA TÃO CARO, TÃO TRIBUTADO.
QUANTO MAIS JOVENS PRATICAR FERROMODELISMO, MENOS JOVENS CAIRÃO NOS TENTÁCULOS DO PT, AS FARC-PCC!!!!!

Melhores momentos da entrevista de José Serra ao Jornal da Globo - 31/08 from Jose Serra on Vimeo.

02/09/2010

às 1:00

Serra faz um duro discurso: “Francenildo somos todos nós”. Ou: “Não preciso de marqueteiro que mude a minha cara, o meu pensamento, a minha trajetória de vida”

O tucano José Serra discursou há pouco num encontro de prefeitos em São Paulo que apóiam a sua candidatura à Presidência e a de Geraldo Alckmin (PSDB) ao governo de São Paulo. Foi uma fala bastante clara em defesa da democracia. O presidenciável procurou marcar as suas diferenças com a adversária Dilma Rousseff.

Imprensa
Serra exaltou a liberdade de expressão e afirmou:
“Dia sim, outro também, alguém deste governo fala em controlar a imprensa. O partido do governo sonha com o dia em que vai poder censurar a imprensa. A expressão, bonita, é ‘controle social’, como se a palavra ’social’ pudesse legitimar o conteúdo horroroso. maquiar as más intenções. Em palavras diretas, querem estabelecer comitês partidários para decidir o que os jornais e as revistas poderão ou não publicar, as rádios, TVs e a internet poderão ou não veicular. Querem sufocar economicamente quem ousa discordar.”

Somos todos Francenildos
O presidenciável tucano fez referência ao aparelhamento de Estado e à violação do sigilo fiscal de tucanos e de sua própria filha, Verônica. Lembrou uma personagem tristemente célebre da penúria em que se encontra o estado de direito: o caseiro Francenildo, que teve quebrado o seu sigilo bancário:
“Os brasileiros e brasileiras precisam ser livres para não temer que o Estado, financiado com o dinheiro de todos nós, seja ocupado por uma máquina partidária que ameaça e persegue as pessoas, que viola nossos direitos fundamentais. Como, por exemplo, o direito ao sigilo bancário e fiscal. As notícias estão aí: o segredo fiscal de pessoas que o governo identifica como adversárias foi quebrado por gente na Receita Federal evidentemente a serviço de uma operação político-partidária.

Quando se viola o sigilo bancário de um caseiro, viola-se a Constituição. Quando se viola o sigilo fiscal de representantes da oposição, viola-se a Constituição. Quando se viola o sigilo telefônico e de correspondência de adversários, viola-se a Constituição. Não perguntem jamais quem é Francenildo Pereira. Francenildo são vocês. Francenildo somos nós. Não passo a mão na cabeça de malfeitores. Exijo é que se respeitem os Francenildos e as Marias, os Josés e as Anas.”

“Vamos derrotá-los”
Serra criticou o comportamento dos petistas no episódio da quebra de sigilos da Receita. Não se deram ao trabalho, afirmou, nem mesmo de “fingir ou simular indignação”:
“Dão de ombros, emitem notas protocolares, ameaçam até processar as vítimas” E acrescentou: “Mas o Brasil é maior do que eles. Com muito trabalho, luta e fé, vamos derrotá-los.”

Obras paradas e propaganda
O tucano atacou os impostos e os juros altos e a ineficiência do governo:
“Na economia, somos o país campeão dos altos impostos, campeão dos juros, campeão do atraso na infraestrutura. Você vê o horário eleitoral deles, você vê a propaganda do governo, paga com o dinheiro do povo, e parece que todos os problemas do Brasil foram resolvidos. Obras que não existem, que andam mais devagar que tartaruga, são divulgadas dia e noite como se já estivessem prontas. Eles seguem a receita repugnante, repudiada pela História, de que a mentira repetida mil vezes se transforma em verdade. Só que eles não sabem que a receita está errada. O povo não é bobo.”

“Falta de caráter”
O candidato do PSDB reconheceu que há avanços no Brasil, mas acusou o PT de tentar destruir a obra dos que o antecederam e apontou a “mais escancarada exibição de falta de caráter de que se tem notícia”:
“Claro que há avanços, pois este governo teve a felicidade de colher o que os outros plantaram. Talvez estejamos assistindo à mais escancarada exibição de falta de caráter de que se tem notícia na história da política brasileira. A ingratidão é um defeito de caráter, a ingratidão é a cicatriz que revela uma alma complicada. O que é o PT? Um partido que tenta destruir os que o antecederam no governo, enquanto governa sobre as bases construídas com muito esforço e suor por quem veio antes. Governa e estraga essas bases.”

Problemas e competência
Serra lembrou que o Brasil ainda tem grandes problemas: “metade dos adolescentes fora das escolas, a necessidade de uma completa reforma do sistema de saúde, organizar o combate ao crime e às drogas, a construção e recuperação da infraestrutura, o déficit habitacional que chega a milhões de moradias”. E incitou a que se faça a comparação para saber quem reúne as melhores condições de manter a estabilidade da economia para poder resolvê-los:
“‘Quem tem mais condições de manter a estabilidade?’ Nesse terreno, um passo em falso que seja pode trazer prejuízos irremediáveis para os brasileiros. Quem tem mais condições de brigar lá fora para defender a economia do Brasil? Quem tem mais condições de defender os ganhos da estabilidade que chegaram ao bolso dos brasileiros na forma de salário, crédito e benefícios? Somos nós! É de nós que o Brasil Novo precisa.”

Nada a esconder
Cutucando a um só tempo Dilma e Lula, afirmou que não tem nada a esconder de seu passado e que não é candidato a “dono do Brasil”. E mandou ver:
- Não tenho nada a esconder do meu passado;
- não preciso que reescrevam a minha vida excluindo passagens nada abonadoras;
- não preciso que tentem me vender, como se eu fosse um sabonete;
- Não preciso de marqueteiro que mude a minha cara, o meu pensamento, a minha trajetória de vida. Ninguém precisa dizer à população quem sou eu. Inventar coisas que não fiz e esconder coisas que fiz. É a minha vida pública que diz quem sou. Posso fazer cara feia às vezes. Mas é uma cara só. Não digo uma coisa hoje para desdizer amanhã. E ninguém me diz o que tenho de falar ou não. Respondo pelas minhas palavras e pelas minhas escolhas. Não fui inventado por ninguém! Foi a luta democrática que me fez. Foram as minhas escolhas de vida que me trouxeram até aqui.

O presidenciável encerrou o discurso expressando convicção na vitória. Afirmou saber que a luta é difícil e concluiu a fala com trecho de um texto que todo brasileiro conhece: “Verás que um filho teu não foge à luta”.

Íntegra do discurso aqui

Por Reinaldo Azevedo