quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

NEWS FROM EUROPE, AFRICA, ASIA, OCEANIA!

Eu gostaria de receber mensagens de ferromodelistas da Europa, África, Ásia e Oceânia com fotos para eu publicar as novidades dos fabricantes, lojas e clubes neste blog. Por favor, entre em contato comigo. Terei o maior prazer de publicar as fotos de suas maquetas de quaisquer escalas.

Yo gustaría de recibir mensajes de ferromodelistas de Europa, África, Ásia y Oceanía con fotos para yo publicar las novedades de los fabricantes, tiendas, clubes en este blog. Por favor contácteme. Yo tendré el más grand placer de publicar las fotos de sus maquetas de cualesquiera escalas.

I would like to receive messages from model railroaders from Europe, Africa, Asia, and Oceania with pictures for me to publish the novelties released by the manufacturers, shops, and clubs in this blog. Please contact me. I will have the great pleasure to publicize the pictures of your train layouts from any scales.

Cristiano Arruda
hobbytrem@bol.com.br

PRR EM 1952! O ADVENTO DA INFORMÁTICA NO CONTROLE DE FERROVIAS E VENDAS DE PASSAGENS!

Este vídeo só nos anima a colecionar trens em miniatura que lembram a organização e a inovação da imensa empresa ferroviária Pennsylvania Railroad. Em 1952 eles tinham adotado tecnologias de informática na comunicação com locomotivas por tranmissão de pulsos elétricos por trilhos que reproduziam os comandos das pontes de sinais num painel luminoso com o mesmo formato dos símbolos na cabine do maquinista. Os símbolos eram iluminados com LEDs já! E o sistema de vendas de passagens era feito com acesso de código de consulta via telefone que recebia a consulta automatizada "falada" por um sistema de um enorme computador instalado da Penn Station. Assistam o vídeo e fiquem admirados com tamanha modernidade na manipulação de informação para obter tráfego sem atrasos e mais precisão no atendimento.

EM JANEIRO DE 1967... IN JANUARY 1967... PENNSYLVANIA IN ACTION!

Janeiro de 1967, Eu estou permanecendo na "Ponte de Ferro" como ela era conhecida pelos Railbuff's, no final oeste do pátio de Enola da Pennsylvania Railroad, fazendo filmes de trens chegando e saindo. Este foi o fim da Pennsylvania Railroad enquanto ela se fundia à New York Central System para então formar a Penn Central. (o sistema Penn Central logo passou a fazer parte do conglomerado estatal Conrail - Consolidated Rail Company). - O autor. / Este post também inclui imagens da Divisão Susquehanna (Susquiuhéénna).
January 1967, I'm standing on the "Iron Bridge" as it was known by the Railbuff's, at the west end of the Pennsylvania Railroad Enola yard making movies of trains arriving, and departing. This was the end of the Pennsylvania Railroad as it was merged with the New York Central System to form the Penn Central. - The autor / This post also includes images from the Susquehanna Division.


sábado, 24 de dezembro de 2011

PORQUE A IGREJA CATÓLICA É DE FATO A IGREJA DO UNIVERSO! - FELIZ NATAL!!!!!!!!!

O Padre Quevedo dá um testemunho fortíssimo e de facílima compreensão sobre as provas materiais da assinatura de Deus em Sua única Igreja que é universal, ou seja, "catholica". Os milagres inclusive os vistos e até palpáveis são vistos em um ambiente totalmente religioso e divino e que esses milagres são a Assinatura de Deus!

O milagre do coxo de Calanda (cojo de Calanda)

O ANIVERSARIANTE DO DIA: FELIZ NATAL!


O ANIVERSARIANTE DO DIA!
A família dEle não era rica nem pertencia à realeza, mas Ele deixou uma impressão de realeza no mundo.
Durante 30 anos, Ele aprendeu, com sua família, o ofício de carpinteiro. Com o que Ele tinha, não tirando do que os outros tinham, Ele lutou para trazer transformação para as pessoas no mundo.
Sem ter nenhum cargo político e nenhuma aspiração política, ele atraia e liderava multidões. Suas parábolas, com simplicidade, traziam promessas, inspiração e esperança. Ele dava lições sem possuir nenhum diploma universitário, mas todas as universidades juntas nunca alcançaram nem ensinaram nem muito menos transformaram tantos alunos.
Ele ajudava os pobres sem usar programas governamentais de assistência. Ele os ajudava com os recursos do Pai, não com recursos tirados de outras pessoas.
Ele curava os doentes sem usar nenhum sistema público de saúde. Ele os curava com a misericórdia do Pai, não com a pretensa misericórdia do Estado.
Ele alimentava os famintos sem usar bolsas-família do governo.
Para onde quer que fosse, Ele atraia multidões, que pareciam comícios, mas Ele nunca usou essas aglomerações para promover políticos e suas políticas. Pelo contrário, sabendo da influência dEle sobre o povo e como Ele não aceitava nenhuma aliança política, os políticos queriam matá-Lo.
Mas Ele não tinha medo deles, chegando a chamar um poderoso governante de “raposa”, termo que significava indivíduo maligno.
Durante três anos, Ele exerceu Seu ministério renunciando à Sua profissão de carpinteiro, e Ele nunca fez menção de pedir verbas governamentais para Ele ou Seu ministério, que era voltado aos pobres de espírito. Sem pedir nem depender de nenhuma assistência governamental, Ele completou todo o trabalho que precisava ser feito.
Ele nunca viajou de jatinho particular. Na maioria das vezes, Ele andava a pé, e só em raríssimas ocasiões Ele andou de jumento.
Quando O prenderam por uma acusação falsa, nenhuma autoridade governamental apareceu para defender os direitos humanos dEle. E se a prisão dEle tivesse ocorrido hoje, os direitos humanos teriam sido usados contra Ele, por ter libertado mulheres da “profissão do sexo”, um cobrador de impostos e outros pecadores.
Ele foi preso por prometer e fazer coisas que os políticos prometem, mas nunca fazem.
Apesar de totalmente inocente, Ele não proferiu murmurações no tribunal.
Ele não tinha advogado, nem se importava com a influência dos que O estavam julgando, pois Ele sabia que no final há um Supremo Juiz diante do qual todos, juízes e políticos, terão de prestar contas.
O tribunal O condenou por falsos crimes e O sentenciou à morte, tudo porque Ele mudou corações e mentes de multidões com um grupo de apenas 12 homens. Ele foi condenado por ódio e inveja religiosa e política.
A morte dEle, mais do que qualquer política governamental, trouxe esperança e redenção para milhões de oprimidos. Diferente das ideologias que derramam o sangue de milhões, Ele derramou Seu próprio sangue por milhões.
Nunca antes houve um homem como Ele.
Por mais de dois mil anos, o mundo e suas ideologias têm tentado deturpar, sequestrar, corromper e até apagar a memória e os princípios de compaixão, ajuda e sabedoria dEle.
No mundo inteiro, os seguidores dEle são hoje centenas de milhões, que estão sofrendo ódio e inveja política e religiosa, em países comunistas e muçulmanos, que condenam os cristãos a torturas, prisão e morte, e nos próprios países ocidentais, que atacam o Cristianismo e seus seguidores com leis politicamente corretas que protegem a liberdade de expressão de islâmicos, comunistas, abortistas e gayzistas, mas deixam os cristãos sem amparo.
Mais e mais, países ocidentais que têm fortes tradições cristãs estão impondo, em nome da diversidade e pluralidade, o aparelhamento do Estado ao islamismo, ao homossexualismo e — e no Brasil — às religiões afro-brasileiras, enquanto o Aniversariante não pode ser lembrado no seu próprio aniversário. Os governos ocidentais têm cada vez mais banido a menção oficial do nome dEle no dia 25 de dezembro.
É claro que eles lembram aos cristãos que deve haver uma separação entre religião e Estado. Essa separação é necessária, pois quem matou Jesus, por ódio e inveja, foi exatamente a religião e o Estado. Aliás, o Estado precisa se separar de toda ideologia de ódio e inveja, inclusive o feminismo, o abortismo e o gayzismo.
Mas o Estado e seus políticos precisam de Deus. Do contrário, o ódio, a inveja e a corrupção sempre reinarão e o Estado sempre fará uma aliança com qualquer ideologia ou religião politicamente correta contra Ele e seus seguidores.
No Natal, vamos nos lembrar do Aniversariante, que nasceu para prometer as bênçãos de redenção, socorro e provisão do Pai para toda a humanidade e morreu para garantir o cumprimento.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

VIESSMANN: SISTEMA DE AUTOMATIZAÇÃO DE FERROMODELO!


A Viessmann lançou um sistema de automatização de um ferromodelo produzido pela Kibri que é a socadora e alinhadora Stopfexpress 09-3X da Plasser & Theurer. O modelo forma a nova linha de produtos Railmotion da Viessmann.

Como na vida real, o sistema acelera e freia a máquina, direciona o socador pelo sistema de guiagem e mantém a máquina a rodar e empurra o socadador para a segunda posição depois do espaço ocupado pelos garfos, um pequeno erro de cálculo que poderá ser corrigido com uma reprogramação. Um detalhe que poderá frustar os ferromodelistas é que os garfos não encostam na altura do lastro/balastro, mas só até a metade dos trilhos. Para quem usa trilhos COD83 ou COD75, o efeito ficará mais próximo da realidade. "Assistam o vídeo" (não se escreve assistam ao vídeo) para conhecer a animação dessa maravilha ferroviária em miniatura.


O equipamento também é equipado com sistema de som!

Vídeo do protótipo.

CONTESTANDO A MAIS PERVERSA MENTIRA OFERECIDA COMO VERDADE!

Meninos,

Não deixem de repassar isso aos seus pais, parentes e amigos da escola.

A técnica da opressão sedutora

Olavo de Carvalho
Diário do Comércio, 19 de dezembro de 2011

Hoje em dia, nos EUA, um pai de família pode ser expulso de casa, proibido de ver os filhos e obrigado a pagar quase todo o seu salário em pensão de alimentos, sem que haja uma só prova de que ele fez ou pensou em fazer qualquer coisa de errado. Basta que sua mulher diga à polícia – sem uma testemunha sequer – que ele ameaçou surrá-la ou abusar das crianças. Quando o infeliz é avisado de que tem vinte e quatro horas para sair do pedaço e ver sua vida desfazer-se no ar como fumaça, ele vai ao delegado e reclama que não é justo ser condenado sem o mínimo direito de defesa. E a autoridade, com o ar mais tranqüilizante do universo, responde: “Meu amigo, não há necessidade de defesa, pois o senhor não está sendo acusado de nada. É apenas uma medida cautelar -- que pode, é verdade, ser renovada indefinidamente e durar pelo resto da sua porca vida. O senhor só será preso se violar a ordem, tentando encontrar-se com seus filhos fora dos horários prescritos (se algum há), passando perto da sua antiga casa num raio de, digamos, dois quilômetros, ou se metendo a besta caso a sua digníssima, liberta da sua opressiva presença, vá para a cama com um, dois ou quinze homens. Passe bem.”

Cinqüenta por cento das crianças americanas vivem sem um dos pais – quase sempre o pai. Uma das conseqüências diretas é o aumento exponencial dos casos de pedofilia doméstica, onde as estatísticas mostram que o culpado é quase que invariavelmente o namorado da mãe. Nas universidades, os discípulos de Georg Lukács e Theodor Adorno esfregam as mãos, excitadíssimos, vendo cumprir-se sem maiores dificuldades, e com o comovido apoio do bom-mocismo protestante e católico, o projeto marxista de destruição da família, que seus mestres viam como condição indispensável ao triunfo do socialismo.

Tudo isso começou com os ares mais inofensivos que se pode imaginar, como campanha de proteção à mulher contra a “opressão machista”. Quem, em sã consciência, seria contra uma coisa dessas? Pouco a pouco, à medida que adquire força de lei, a providência humanitária vai ampliando seu raio de alcance até transformar-se num pesadelo, num instrumento de opressão mil vezes pior do que os males que lhe serviram de pretexto, porque agora é oficial e se sustenta no poder da polícia, dos tribunais, do sistema educacional e da propaganda maciça que demoniza os acusados ao ponto de ninguém ter mais a coragem de dizer uma palavra em favor deles. E os resultados sociais catastróficos? São explicados como efeitos de outras causas, que por sua vez dão motivo a novas medidas humanitárias, entregando cada vez mais a grupos ativistas cínicos o monopólio da autoridade moral e estendendo ilimitadamente o poder de intenvenção da burocracia estatal na vida privada. O problema é, por exemplo, a pedofilia? Acusa-se a educação católica (embora o número de pedófilos entre os padres seja menor do que em qualquer outro grupo de educadores) e, com um pouco de jeito, persuade-se até o Papa a se prosternar ante a mídia vociferante. Os meninos criados sem um pai são inseguros, tímidos, fracos? Ótimo. Com alguma lábia, são levados a crer que são transexuais latentes, inadaptados, coitadinhos, no meio social machista. São turbulentos, anti-sociais? Melhor ainda. Eis a prova de que a sociedade capitalista é intrinsecamente violenta, geradora de brutalidades. E assim por diante. Cada novo efeito maléfico da guerra cultural já traz preparada, de antemão, uma teoria engenhosa que lança as culpas sobre a família, a religião, a cultura, o capitalismo – sobre tudo e sobre todos, exceto os autores do efeito, os ativistas pagos com dinheiro dos contribuintes para planejar, nas universidades, a destruição meticulosa e sistemática da sociedade.

A técnica é sempre a mesma. Primeiro, descobre-se um grupo social descontente e designam-se os culpados, produzindo-se contra eles uma tempestade de livros, filmes, teses universitárias, programas de TV, artigos de jornal, conferências, debates, o diabo. Apontados em público, olhados com suspeita pela vizinhança, os membros do grupo acusado começam a achar prudente marcar distância dele, mudando de vocabulário, de atitudes, e por fim juntando sua voz ao coro dos acusadores, para maior verossimilhança da conversão. Ato contínuo, concebem-se leis e medidas administrativas para amarrar as mãos dos malvados e, depois, puni-los. Vitoriosa a batalha legislativa, começa a etapa decisiva: “ampliar a democracia”, estender a área de aplicação dos “direitos” conquistados até que, dialeticamente, se convertam em meios de opressão estatal contra os quais já nada se poderá dizer sem incorrer, ipso facto, em suspeita de reacionarismo nostálgico dos velhos males, já superados, “incompatíveis com o alto estágio de civilização em que nos encontramos”.

O circuito é tão repetitivo que suas vítimas só não o percebem com clareza porque, no decorrer do processo, foram consentindo em cortar suas próprias línguas e só falar na linguagem de seus acusadores, tornando-se, automaticamente, incapazes de se proteger. No Brasil, a CNBB, enfatizando seu horror a “toda discriminação” no instante mesmo em que move débil oposição à PL-122, é o exemplo mais claro no momento.

Pensem nisso quando se sentirem tentados a crer que as leis “anti-homofóbicas” têm algo a ver com os direitos humanos dos homossexuais ou de quem quer que seja. Têm a ver, isto sim, com a supressão da liberdade de consciência, inclusive a dos próprios homossexuais que desejarem permanecer cristãos e, amanhã ou depois, defender seu simples direito de pensar – como o pensaram Oscar Wilde, Julien Green, Octávio de Faria, Lúcio Cardoso, Cornélio Penna e tantos outros homossexuais ilustres -- que aquilo que fazem na cama, embora lhes pareça irresistível e sumamente delicioso, é um pecado.


sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

NOVIDADE MUNDIAL!: ROCO BR10 DB (DEUTSCHE BAHN)

A BR-10 é uma NOVIDADE MUNDIAL da austríaca Roco. Ela solta nuvens de vapor, e pela primeira vez sai dos cilindros tambem, e do chaminé em baforadas sincronizadas digitalmente com o movimento dos cilindros, e com efeitos de luz. O som simplesmente fantástico, chega muito perto do real. Disponivel para pronta entrega com frete gratis na Roco BR.


quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

PASSARELA MODERNA PARA PLATAFORMAS DE ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DA FALLER

A loja Roco BR finalmente trouxe ao Brasil um kit de passarela moderna pra plataformas de estação ferroviária. O kit custa R$: 153,10, no entanto, fica para o cliente decidir solicitar um desconto na compra à vista. Visite a página do produto e contate o Sr. Claes Kristensen.

NOVIDADES DA HOBBYTEC

A empresa brasileira Hobbytec está oferecendo a miniatura da carcaça da locomotiva GL-8. Mais informações, visite o web site www.hobbytec.com.br.


AJUSTES NO BLOG

Estou fazendo ajustes no blog esporadicamente porque eu não tenho tempo para ficar ajustando-o direto. Tenho feito alteração na organização de vários posts, arquivei vários e estarei fazendo um rodízio de posts revistos e novos para melhorar a velocidade de acesso. Mesmo assim, tenho encontrado alguma dificuldade. Em breve estarei publicando vídeos de ferromodelismo, mas isso ficará para janeiro.

Cristiano

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

COMO CONSTRUIR MAQUETES ULTRA REALÍSTICAS

CLIQUE NA MAQUETE PARA REVER ESTA IMPORTANTE MATÉRIA DO BLOG HOBBYTREM
20/11/2009 @ 14:45

COMO CONSTRUIR MAQUETES MODERNAS DE TRENS - HOW TO BUILD MODERN TRAIN LAYOUTS!

Caríssimos Leitores,

Encontrei um material didático que instrui a construção de maquetes desde a montagem do tablado à decoração. Com essas explicações audiovisuais vocês passarão a ter encorajamento e alegria para partir para as compras de todo o material necessário. Fazer maquete é mais fácil do que imaginamos. Basta informação, material necessário, tempo e paciência. Com isso tudo em mãos, o resultado chega em muito menos tempo do que imaginamos. Em breve eu apresentarei a minha para vocês. Assim que eu encontrar mais material informativo adicional, eu publicarei aqui neste post. Então sempre visite o blog. Vamos aprender juntos!

Tenham muita diversão!

Cristiano

Matéria publicada originalmente em 28/01/2011 @ 18:30

Introdução

Construindo a estrutura do tablado / Building the layout table structure

Aplicando os trilhos.

Controle.

Montando as estruturas (teste a combinação dos cantos das paredes dos kits antes de aplicar cola!)

Fazendo o paisagismo / Making scenary.

Como fazer relevos.

Como fazer vegetação e alagados.

Como usar as ferramentas de FastTracksTools, um fabricante americano de kits para montagem de AMVs (aparelhos de mudança de vias) ou "switches" como eles chamam lá. Esses AMVs podem custar mais caro, mas o resultado final é mais perfeito. Conheça essa alternativa para ferromodelistas mais habilidosos. Ao assistirem estes vídeos, perceberão que um AMV pronto não é uma peça tão cara como parece ser porque ela é complexa de ser feita ainda mais com plástico injetado.

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

A.L.L: ALOPRADOS, LADRÕES, LOBBISTAS!


A empresa ou quadrilha América Latina Logística que estranhamente se pinta de vermelho e branco, tem dado mostras de sua administração ser pior do que a da Novoeste em tempo de crise financeira e econômica nacional. Nas divisões SR-10 (Bauru-Campo Grande-Corumbá) e SR-11 (Campo Grande-Ponta Porã) o abandono é visível. Na época da Novoeste, a ferrovia tinha pelo menos duas equipes mecanizadas de manutenção de via, hoje mal tem uma para mais de 1.000 Km de ferrovia. A SR-11 está abandonada há 15 anos sendo que há um potencial a ser explorado. Os trilhos, muitos ainda datam de 1933, originais da NOB (Noroeste do Brasil) que vieram dos Estados Unidos. Só num trecho que passa por fora de Campo Grande, a via principal é composta por trilhos de altura maior, porém no resto do trecho onde os trilhos podiam ser assim para os trens de carga chegar a velocidades dignas de um sistema eficiente (60-80 Km/h), os trens não passam de 30 Km/h. E muitas curvas não foram corrigidas, estando elas ainda com raios apertados e pelo caminho há muuuuuuuuuitos cotovelos de trilhos.

Mas o pior erro da ALL, empresa avarenta que quer tomar conta de tudo que for ferrovia, mas não tem capacidade intelectual para administrá-las, principalmente as que cortam o Mato Grosso do Sul de leste a oeste e de centro a sul, é usar locomotivas para bitola larga sobre ferrovia com trilhos frageis e bitola estreita. E o que isso gera? Descarrilamentos, tombamentos, traumas e até mortes. Ainda mais sendo as locomotivas desprovidas de amortecedores que reduzem o balanço excessivo causado pelo sobe-e-desce dos trilhos e lastro danificados. Vejam este acidente que aconteceu na região de Bauru e tirem as suas conclusões.

Isso é prova de que o povo brasileiro é um povo ruim, que faz tudo mal feito pelo seu país porque não tem sequer amor próprio, muito menos pelo país onde se vive. Um país de gente assim sempre será um país horrível.

Mais podres sobre as ferrovias e certas "associações" estarão sendo postadas aqui sem dó, sem piedade.

12/12/2011 18:40
Trem da ALL tomba em Bauru e combustível vaza
A locomotiva que ia de Campo Grande a Santos estava carregada de celulose; veja galeria de fotos aqui

KELLI FRANCO
kelli.franco@bomdiabauru.com.br

Três vagões de um trem da ALL (América Latina Logística) tombaram no meio da tarde desta segunda-feira (12), entre a Vila Bela e a Vila São Manoel, em Bauru. Ninguém se feriu, mas a estimativa é que entre 3 e 4 mil litros de óleo diesel tenham vazado.

A locomotiva estava carregada de celulose e ia de Campo Grande até Santos. [Hobbytrem: de fato essa locomotiva só vai até Três Lagoas, ela não vai até Campo Grande, até porque ela é usada no transporte de celulose e papel produzidos em Três Lagoas] O maquinista foi levado ao hospital por causa do susto. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, somente na região é o terceiro acidente em dois meses.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

FOTO DO MÊS: U20C's ALL NO PÁTIO DE CAMPO GRANDE



Caríssimos,

Estou tendo o prazer de estar com o Leitor deste blog o Leandro Gouveia, de Bauru, SP, que já morou aqui em Campo Grande, MS, e que está visitando a cidade. Ontem tive a honra de conhecer o amigo pessoalmente e hoje nós saímos para tirar fotos de trens. Hoje a ferrovia passa fora da cidade, mesmo assim isso dá um bom passeio. Também fomos à estação de apoio do bairro industrial de Indubrasil onde fica a estação que serve o Trem do Pantanal ou Pantanal Express. O lugar mais interessante é o pátio da ALL onde uma alça em formato de ipsilon agora passa para o futuro terminal de logística que aos poucos está sendo formado. Lá há vários vagões onde podemos nos aproximar. Havia sete locomotivas, sendo as duas primeiras que vimos partiram para levar vagões gôndolas vazios para Corumbá.

Mais imagens serão postadas aqui. Aguardem.

domingo, 11 de dezembro de 2011

DENÚNCIA - O QUE ESTÃO ESCONDENDO DA MARTA SUPLICY!

Estou encaminhando uma denúncia para vocês passarem aos seus familiares, parentes e amigos.

Isso que você viu está acontecendo há anos nos Estados Unidos, isso é tudo coisa dos illuminati... quem pensa que illuminati não existe, leia a nota de dólar bem como observe que exatamente essas mesmas coisas estão acontecendo ao redor do mundo “simultaneamente.” Essa gente opera para satanás, age com magia negra e na frente do público é capaz de pôr a óstea na boca em ato de deboche a Cristo.

Tudo isso que está abaixo eu estou sabendo há muito tempo, a única surpresa foi a tentativa de retirar os termos pai e mãe dos documentos. Eles querem fazer assim: “parceiro 1 e parceiro 2”. Assim eles querem que os filhos chamem os que os criam.

Uma nota... a única diversidade sexua que existe é macho e fêmea. O resto é estelionato e putaria.

eles querem que o problema seja promovido ao invés de ser solucionado... aqui está:
Legitimação da PEDOFILIA e outras anormalidades sexuais:
Título III, Art. 5º § 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.
Sob essa lei, a família nada poderá fazer para inibir um problema sexual nos filhos. A sociedade nada poderá fazer. E autoridades governamentais que ainda restarem com um mínimo de bom senso estarão igualmente impedidas de “interferir”.
O que fazer com essa mulher a não ser prendê-la ou matá-la de vez?

É essa a Proposta de Emenda à Constituição que a Senadora Marta Suplicy e a Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB estão elaborando para o nosso País.
Principais pontos:

- Acabar com a família tradicional
- Retirar os termos "pai" e "mãe" dos documentos
- Acabar com as festas tradicionais das escolas (dia dos pais, das mães) para "não constranger" os que não fazem parte da família tradicional
- A partir de14 anos, os adolescentes disporão de cirurgia de mudança de sexo custeada pelo SUS
- Cotas nos concursos públicos para homossexuais etc...

Eis o texto:

"A senadora Marta Suplicy (PT-SP) elogiou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), elaborada pela Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que quer ampliar privilégios a indivíduos viciados em práticas homossexuais.

O texto tem a pretensão de introduzir na Constituição todas as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que favoreceram a agenda gay, inclusive a garantia de união estável para duplas homossexuais, com direito à conversão em casamento e adoção de crianças.
De acordo com a agência de notícias do Senado, “a PEC tem como um de seus principais ponto a criminalização da homofobia e estabelece a pena de dois a cindo anos de reclusão para aqueles que praticarem atos de discriminação e preconceito em virtude da orientação sexual de alguém. A mesma punição se estende aos que incitarem o ódio ou pregarem [contra a] orientação sexual ou identidade de gênero”.
Com a aprovação da PEC, a própria Constituição do Brasil se transformará num PLC 122. Mas Suplicy reconhece que a tentativa de transformar a Constituição do Brasil numa constituição anti-“homofobia” certamente enfrentará resistência de “setores como o da igreja”.
A senadora acredita que, estrategicamente, será importante aprovar primeiro o PLC 122/2006, pois sua tramitação está mais avançada, tendo já sido aprovado sorrateiramente na Câmara dos Deputados e restando apenas a votação no Senado. O segundo passo, na avaliação de Marta, é apresentar a PEC, que é uma matéria mais ampla e complexa. “A PEC é bem mais difícil de aprovar. Então, vamos começar com a homofobia e avaliar o momento adequado para fazer uma PEC com essa amplitude, que é realmente o sonho que nós gostaríamos para todo o País”, explicou a senadora à agência do Senado.
O Estatuto da Diversidade Sexual conta com 109 artigos, que alteram 132 dispositivos legais. O Estatuto criminaliza a homofobia, reconhece o direito à livre orientação sexual e iguala os direitos fundamentais entre heterossexuais e LGBTs.
Eis algumas dos “avanços” que o Estatuto da Diversidade Sexual propõe:
Legitimação da PEDOFILIA e outras anormalidades sexuais:
Título III, Art. 5º § 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.
Sob essa lei, a família nada poderá fazer para inibir um problema sexual nos filhos. A sociedade nada poderá fazer. E autoridades governamentais que ainda restarem com um mínimo de bom senso estarão igualmente impedidas de “interferir”.
Retirar o termo PAI E MÃE dos documentos:
Título VI, Art. 32 – Nos registros de nascimento e em todos os demais documentos identificatórios, tais como carteira de identidade, título de eleitor, passaporte, carteira de habilitação, não haverá menção às expressões “pai” e “mãe”, que devem ser substituídas por “filiação”.
Essa lei visa beneficiar diretamente os ajuntamentos homossexuais desfigurados tratados como família. Para que as crianças se acostumem com “papai e papai” ou “mamãe e mamãe”, é preciso eliminar da mente delas o normal: “papai e mamãe”.
Começar aos 14 anos os preparativos para a cirurgia de mudança de sexo aos 18 anos (pode começar com hormônios sexuais para preparar o corpo):
Título VII, Art. 37 – Havendo indicação terapêutica por equipe médica e multidisciplinar de hormonoterapia e de procedimentos complementares não-cirúrgicos, a adequação à identidade de gênero poderá iniciar-se a partir dos 14 anos de idade.
Título VII, Art. 38 - As cirurgias de redesignação sexual podem ser realizadas somente a partir dos 18 anos de idade.
Cirurgias de mudança de sexo nos hospitais particulares e no SUS:
Título VII, Art. 35 – É assegurado acesso aos procedimentos médicos, cirúrgicos e psicológicos destinados à adequação do sexo morfológico à identidade de gênero.
Parágrafo único – É garantida a realização dos procedimentos de hormonoterapia e transgenitalização particular ou pelo Sistema Único de Saúde – SUS.
Uso de banheiros e vestiários de acordo com a sua opção sexual do dia:
Título VII, Art. 45 – Em todos os espaços públicos e abertos ao público é assegurado o uso das dependências e instalações correspondentes à identidade de gênero.
Não é permitido deixar de ser homossexual com ajuda de profissionais nem por vontade própria:
Título VII, Art. 53 – É proibido o oferecimento de tratamento de reversão da orientação sexual ou identidade de gênero, bem como fazer promessas de cura.
O Kit Gay será desnecessário, pois será dever do professor sempre abordar a diversidade sexual e consequentemente estimular a prática:
Título X, Art. 60 – Os profissionais da educação têm o dever de abordar as questões de gênero e sexualidade sob a ótica da diversidade sexual, visando superar toda forma de discriminação, fazendo uso de material didático e metodologias que proponham a eliminação da homofobia e do preconceito.
Contos infantis que apresentem casais heterossexuais devem ser banidos se também não apresentarem duplas homossexuais travestidas de “casais:
Título X, Art. 61 – Os estabelecimentos de ensino devem adotar materiais didáticos que não reforcem a discriminação com base na orientação sexual ou identidade de gênero.
As escolas não podem incentivar a comemoração do Dia dos Pais e das Mães:
Título X, Art. 62 – Ao programarem atividades escolares referentes a datas comemorativas, as escolas devem atentar à multiplicidade de formações familiares, de modo a evitar qualquer constrangimento dos alunos filhos de famílias homoafetivas.
Cotas nos concursos públicos para homossexuais assim como já existem para negros no RJ, MS e PR e cotas em empresas privadas com já existe para deficientes físicos:
Título XI, Art. 73 – A administração pública assegurará igualdade de oportunidades no mercado de trabalho a travestis e transexuais, transgêneros e intersexuais, atentando ao princípio da proporcionalidade.
Parágrafo único – Serão criados mecanismos de incentivo a à adoção de medidas similares nas empresas e organizações privadas.
Casos de pedofilia homossexual irão correr em segredo de justiça:
Título XIII, Art. 80 – As demandas que tenham por objeto os direitos decorrentes da orientação sexual ou identidade de gênero devem tramitar em segredo de justiça.
Censura a piadas sobre gays:
Título XIV, Art. 93 – Os meios de comunicação não podem fazer qualquer referência de caráter preconceituoso ou discriminatório em face da orientação sexual ou identidade de gênero.
“O Estatuto da Diversidade Sexual é um avanço. Isso nunca havia sido pensado em relação às questões LGBT”, reconheceu Marta Suplicy, classificando-o como de importância “inquestionável”.
O Estatuto defende que o Estado é obrigado a investir dinheiro público para homossexuais que querem caros procedimentos de reprodução assistida por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e também o Estado é obrigado a criar delegacias especializadas para o atendimento de denúncias por preconceito sexual contra homossexuais, atendimento privado para exames durante o alistamento militar e assegura a visita íntima em presídios para homossexuais e lésbicas.
------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

VÍDEO: FERROVIA DE VERDADE! ISSO QUE É FERROVIA!

Por isso que trago estes vídeos aqui em total esplendor! A 1.280 x 720 pixels!
o primeiro vídeo só pode ser assistido no Youtube

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

VÍDEO: QUALIDADE EM AÇÃO! - Märklin/Trix 39839 Reihe 1216 (Taurus III) "Adria"

Equipada com Antrieb Softdrive Sinus.
A diferença entre as locomotivas da Märklin e Trix é que o sistema da Mäklin é baseado na captação de corrente no contato de contato debaixo das caixas de engrenagens tocando nos pinos nos centros dos dormentes.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

VÍDEO: REVENDO O PROCESSO DE INSTALAÇÃO DE ENGATES KADEE EM VAGÃO FRATESCHI!

Neste vídeo eu ensino como instalar engates Kadee em vagões Frateschi. A Frateschi erra sempre ao moldar os encaixes das caixas de engate, ao invés de ser rentes ao piso e dando continuação ao chassis, ela molda os finais dos chassis com a base de encaixe na base deles, deixando as caixas de engates Kadee posicionadas abaixo da altura correta. O serviço é trabalhoso e eu recomendo usar uma cola como Araldite expressa por ser mais resistente. Também corte o parafuso para que ele não levante o peso preso sobre o piso porque isso romperá as presas que o seguram.

On this video I show how to install Kadee coupler boxes on Frateschi railcars. Frateschi ever does the same mistake when projecting the castings for its railcars. The support for the coupler boxes is molded on the base of the chassis ends instead of making them molded on the floor basis thus continuing the shape of the chassis as they involve the coupler boxes as see in the prototypes. So I had to cut the ends and glue the boxes accordingly to the prototype. Use a more powerful glue than SuperBonder (like Araldite) and cut the screw a bit to avoid that after spun around, it lifts the weight thus breaking its plastic side holders apart.

TERÇA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2011


Este post vai para os ferromodelistas novatos que já têm alguma noção de aperfeiçoamento de detalhes de vagões com base nos produtos Americanos mostrados em revistas, web sites de lojas Brasileiras, estrangeiras além dos e-shops no Mercado Livre e outros, mas que têrm dúvidas sobre como aumentar o realismo de seus vagões de forma tão fácil. Há alguns anos eu comprei um vagão FHD ALL. O vagão é bem detalhado ao nível dos vagões da Accurail que possuem detalhes moldados no corpo com boa profundidade de detalhes o que dá impressão de alguns serem aplicados. No entanto as rodas com flanges em padrão NEM "antigo" (o padrão atual tem flanges próximas do padrão NMRA) e rodas que considero um pouco grandes para o padrão visto aqui onde a bitola é de 1 metro o que permite o apoio dos chassis sobre os truques serem baixos porque os truques são estreitos, assim eles não tocam nas caixas de saída de grãos, então usei umas rodas Americanas que são 1 mm mais baixas para dar um visual mais baixo ao vagão. A Frateschi fez bem em basear o projeto no padrão de bitola larga que tem base mais alta o que deixa o vagão estranho a quem olhar, mas na vida real ele é assim mesmo. No entanto eu gostaria que a Frateschi fizesse a versão alongada desse vagão, venderia ainda mais, as duas versões coexistem também em ferrovias de bitola estreita.

Detalhe da montagem rente ao topo do chassis.

Detalhe do engate montado na parte inferior do chassis (dica a seguir).

Eu já tinha comprado os engates Kadee no ato de compra do vagão e decidi instalá-los. O encaixe da Frateschi parece perfeito à primeira vista, tudo funcionou bem, no entanto, um erro de projeto que fez os engates ficarem uns 2 mm abaixo do nível das locomotivas Americanas "made-in-China" que tenho. Nas fotos acima vocês vêem a diferença. As caixas de engates nos vagões Americanos ficam numa posição que deixa os engates no nível correto, isso é, as hastes ou braços dos engates ficam rentes ao nível superior dos chassis como na vida real, o que chamamos de proporção em escala. Daí eu percebi que eu devia ter comprado engates posicionados sobre as hastes ou braços como dizemos para que eles ficassem na posição padrão, mas esses engates são difíceis de encontrar no Brasil. Então eu recomendo a vocês três dicas:

1) os engates Kadee tipo 40 Series Magne-Matic(R) Couplers mas de braços médios ou curtos ou;

2) usar engates da Bachamann ou McHenry e cortar os encaixes das caixas de engates e colar as hastes ou braços dos engates dentro do túnel do chassis de cada vagão. Para isso eu recomendarei a cola Araldite instantânea, ou se vocês forem mais pacientes, usar a Araldite comum (24 horas)que tem melhor resistência. Daí os engates ficarão muito bem posicionados como nos vagões reais, na altura dos túneis dos chassis.

3) mas deixo por último a opção mais drástica, barata e precisa. Remova o piso do vagão. Use um alicate de cutícula e recorte a parte do chassis que dá suporte aos engates tipo Kadee após marcá-los com caneta ou grafite ou ponta de chave de fenda bem fina ou mesmo estilete. Comece a cortar o plástico com o alicate e depois lixe o apoio recortado. Corte o parafuso da caixa do engate em 2 mm e assim que começar a aplicar o parafuso, aplique um pingo de SuperBonder porque o parafuso tende a ficar frouxo devido á remoção do calço do engate que deixava-o baixo. Aplique a caixa de encate com o engate montado e feito. O engate ficará na altura correta.

Esta é a foto do vagão antes de eu fazer a alteração.


SEXTA-FEIRA, 20 DE FEVEREIRO DE 2009

Instalando engates Kadee/McHenry em carros Budd Frateschi - Installing Kadee/McHenry couplers on Frateschi Budd cars


Prezados Leitores, / Dear Readers,

Hoje à noite eu fiz uma pequena experiência que há muito tempo eu queria fazer, instalar um engate semelhante ao protótipo em um carro Budd HO feito pela Frateschi. Eu tenho umas caixas de engate Kadee e um engate McHenry disponíveis. Fiz a instalação, mas a aba da tampa do engate ao ser posta para baixo, não ficou bonita, ao ser posta para cima, a aba encostava no corpo do carro e empurrava o buraco do parafuso fora do ponto de encaixe dele, então eu virei a aba tampa para trás e funcionou. A aba tem que ficar de cabeça para baixo. Veja as fotos abaixo. / Tonight I did a slight experience that I wanted to do so long ago, to install a coupler similar to its prototype on an HO Budd car made by Frateschi. I have some Kadee coupler boxes, and a McHenry coupler available. I did the installation, but the coupler cover drim was set downwards, it didn't look nice, then to be set upwards, the drim touched the body of the car and pulled the screw hole out of place, then I turned the coupler box cover backwards, and it worked out fine. The drim must be turned side down. See the pictures.

Traseira do carro observação......................................Frente do carro observação
Rear of observartion car..............................................Front of observation car