domingo, 26 de fevereiro de 2012

♪♫ PARABÉNS PRA VOCÊ!!!!!!!!!! ♫♪ CON-COR A COMPLETAR 50 ANOS DE IMPORTÂNCIA!

A querida e veterana empresa fabricante e desenvolvedora de ferromodelos americana Con-Cor International está a completar 50 anos de vida! A empresa que tem um aspecto pitoresco com um web site cujo padrão data do início dos anos 90 quando muitíssimo poucas empresas de ferromodelo adentravam a internet e os produtos dela retratam as atividades mais pitorescas, conservadoras e queridas do mundo ferroviário americano tem sobressaído de três anos para cá. No final dos anos 1990 e no início dos anos 2000, a Con-Cor teve a sua linha de produtos superada pelas inovações que chegavam da Life-Like através de suas linhas Proto 1000 e Proto 2000, da Athearn com as linhas Genesis e Ready-to-Roll, além da Atlas e Bachmann. A Con-Cor se esforçou para continuar no mercado com os seus produtos triviais que para tais aplicações, ainda tinham bom detalhamento, pintura, preços competitivos, com referência aos vagões porta-containers os pioneiros no mercado norte-americano de ferromodelismo e alguns carros de passageiros que embora sem interiores e alguns com moldagem muito simples, podiam ser adicionados kits de detalhamentos e formar belos trens. Outras linhas de produtos da Con-Cor que até hoje faz sucesso e foram garantidoras da continuidade da empresa são os dos kits (linha pequena, mas exclusiva) com kits feitos pela alemã Pola para detalhar estações de coleta de combustíveis, edifícios baixos inclusive um com simulação de incêndio e os camiões legendários com carretas lindíssimas.


De uns anos para cá a Con-Cor investiu em renovação e inovação, alguns produtos voltaram a ser fabricados, outros levemente melhorados como os carros double-decker históricos, os vagões porta-containers com melhores decoração e componentes e os novos produtos como carros de passageiros antigos, autormotrizes antigas clássicas e clássicas de alta velocidade como o Aerotrain da Union Pacific, o New Haven Comet Train, o Pioneer Zephyr, os mP54 da Pennsylvania, o Electroliner entre os mais famosos como o M1000 da Union Pacific.

A Con-Cor tem sido uma grandiosa e importante alternativa para os ferromodelistas da escala N. A empresa oferece uma vasta linha de vagões de carga, passageiros e locomotivas nessa escala e agora traz a moderníssima locomotiva GE Gevo!

A empresa tem ultimamente feito parcerias com outros fabricantes de ferromodelos para ser representante e distribuidora exclusiva de certos produtos o que gera redução de custos para ela e dissiminar a linha de produção entre aqueles fabricantes que são especialistas na manufatura de determinados produtos sendo eles americanos, canadense, alemão, japonês e chineses.

A Con-Cor International está localizada na cidade de Tucson, Arizona. O prédio da empresa é pequeno já que pouca coisa ela produz sendo a maior parte de seus produtos fabricados por outras empresas. O prédio é o do lado direito da foto.



Conheça alguns dos produtos magníficos da Con-Cor.


mP54 Pennsylvania Rail Road

0001-94515 Pennsy Coach with Keystone Paint Scheme
0001-94513 Pennsy Coach with Postwar Paint Scheme
0001-94522 Pennsy Baggage Mail with Pre-War Paint Scheme
0001-94547 Pennsy Combine with Keystone Paint Scheme
0001-94517 Long Island Coach with Tuscan Paint Scheme


New Haven Comet
disponível nas escalas HO e N.


As fotos do protótipo!
clique na foto para vê-la em tamanho real

O preço do kit é de 460 dólares!!!! Ele possui som e é controlado digitalmente. O carro adicional custa até 150 dólares e o decoder separado custa 75 dólares. A Con-Cor está a abusar um pouco da sua exclusividade!

Assista o vídeo em 480 pixels.


Pioneer Zephyr

Conheça mais sobre o produto aqui: http://www.con-cor.com/HO2HLZephyrDecoder.PDF

Os preços são os mesmos do New Haven Comet.


Airslide Hoppers


Os hoppers de acionamento de descarga por ar é um tipo muito muito bonito de vagão hopper. De desenho muito simétrico, esses Airslide Hoppers de 40' (pés) ou 12,20 m de comprimento, são muito usados nas ferrovias americanas secundárias e principais e até hoje. Eles foram desenvolvidos para serem descarregados rapidamente e são usados para transportar desde grãos a trigo, açúcar, cimento, produtos químicos inclusive resinas plásticas. O vagão na escala HO pode custar até 22 dólares, mas esses vagões são vendidos aos montes por preços bem baixos, menores que 14 dólares nos Estados Unidos. Como os vagões da Frateschi, a maioria dos detalhes são moldados no corpo, mas algumas partes como passadiços e tanques hidráulicos/ar, freios de mão são moldados à parte. O destaque fica para a caixas de engates que são moldadas no chassis como na vida real.



A Route 66 é a linha de camiõezinhos americanos legendários nas escalas HO e N bem como containers para dar mais realismo às maquetes de trens em miniatura. Essas belezuras custam hoje uns 9 dólares e os na escala N $6.60 nos Estados Unidos... é quase de graça!

escala N

containers na escala N
cada container custa até 6 USD e o jogo de dois custa até 12 USD.

camiõezinhos na escala HO que custam apenas 5 dólares!

os encalhadinhos por 3 dólares!


Linha Wheels of Time

Mega empilhadores de containers em escala N... Precinho? Uma pancada de 48 dólares! O detalhamento é altamente complexo, sendo necessário uma matriz com muitas partes detalhadas para serem separadas e montadas uma à uma. O produto já vem pronto para rodar.


Gunderson Maxi III Well Cars
Embora os truques não sejam bem feitos, as rodas de metal são decentes.


Electroliner!
America's First "All Electric Luxury Trains" proclaimed the ads announcing the first run of the "ElectroLiners" on Feb 9th 1941. Os anúncios dos "Primeiros Trens de Luxo Totalmente Elétricos" avisando a primeira rodagem dos "ElectroLiners" em 9 de fevereiro de 1941.

The design of the "ElectroLiners" was influenced by the competition on the Chicago to Milwaukee Run of the C&NW's 400 trains, and the Milwaukee Road's Hiawatha trains. Also influencing the design was the fact that the "ElectroLiners" had to circum-navigage the "EL" tracks above the Chicago Loop and run down the middle of city streets as it entered Milwaukee. O desenho dos "ElectroLiners" foi influenciado pela competição dos 400 trens na Corrida da Chicago a Milwaukee da C&NW e os trens Hiawatha da Milwaukee Road. Também influenciando o desenho foi o fato das ruas dos meios das cidades ao entrar o estado de Milwaukee.

Built by St. Louis Car company in their huge plant outside St. Louis, 2 compelete 4 car Trains were built for the "North Shore" the trains exceeded their design standard of being able to make the 120 mile run between Chicago and Milwaukee on a mile a minute schedule. (Including stops). Construídos pela companhia St. Louis Car na enorme planta deles fora de St. Louis, 2 trens de 4 carros completos foram construídos para os trens da "North Shore" e excederam os padrões de desenho por ser capazes de fazer 120 milhas (193 Km) entre Chicago e Milwaukee sendo o horário de uma milha (1.61 Km) corrida a cada minuto (incluindo paradas!).

Con-Cor's founder, Jim Conway, often rode the ElectroLiners as a young boy and teenager, as most of his mother's family and a lot of his cousins lived in Kenosha, Wisconsin on the North Shore's main line. And his Grandma's house backed up to the North Shore's trackage. In fact the worst rail disaster the North Shore ever had happened in his Grandma's back yard in the early 1930's. (This was pre-ElectroLiner era). O fundador da Con-Cor Jim Conway, frequentemente subiu aos ElectroLiners quando um jovem garoto e adolescente. Como a maioria da família da mãe dele e um monte de seus primos viviam em Kenosha, Wisconsin na linha principal da North Shore. E a casa da avó dele dava de fundos aos trilos da North Shore. De fato o pior desastre ferroviário (no geral) da North Shore acontecia atrás do quintal da casa da avó de Jim no início dos anos 1930 (Este foi a era pré-EletroLiner).

When the North Shore line was abandoned in 1963, both ElectroLiner Train sets were sold to Philadelphia mass transit to run on their "Red line". And were known as "Liberty Liners". Quando a North Shore foi abandonada em 1963, ambos trens ElectroLiner foram vendidos para o transporte de massa da Philadelphia para rodar os "Red Line". E foram conhecidos como "Cruzeiros Liberdade" (Liberty Liners).

They ran for many years and were eventually retired. One train set (The Valley Forge) was sold back to the Illinois Railway Museum, and the 2nd (The Independence Hall) is in storage at the Rockhill Trolley Museum in Rockhill Furnace Pa. awaiting funds to restore it. Eles rodaram por poucos anos e foram eventualmente aposentados. Uma composição (The Valley Forge) foi envida devolta ao Illinois Railway Museum e a segunda (The Independence Hall) está guardada no Rockhill Trolley Museum em Rockhill Furnace, Pennsylvania, aguardando fundos para restaurarem-na.

assista os vídeos em 480 pixels

Detalhe da caixa!

clique em CC para legenda e tradução de legenda

Outros produtos serão dados destaques aqui no blog. Os ferromodelistas da escala N gostarão muito do que verão aqui.

Nenhum comentário: