quarta-feira, 26 de junho de 2013

FERROMODELISMO E VIDA REAL

Meus nobres Leitores:

Faz tempo que eu não publico qualquer post novo no blog. Penso que eu nunca fiquei tanto tempo fora daqui. Devido à essa ausência e ao prestígio que vocês dão a este blog, eu venho escrever sobre o que me afastou.

Há mais de três anos eu comprei material de ornamentação para a minha maquete para detalhar montanhas, mas algumas coisas muito tristes (perda de familiares) fizeram-me parar com o hobby. Somado a isso, uma crise financeira insuportável, talvez a pior de todas que sofri, me conduziu a buscar um meio diferente para sair de uma situação da qual ninguém ofereceu ajuda para eu sair. E ajuda eu refiro a emprego e não dinheiro. Ainda tenho duas pernas e dois braços com mãos perfeitas.

De 2009 para cá, eu fiz algumas alterações na maquete, uma até significante ao adicionar um trecho de trilhos para dentro dela que formaria um LOOP, mas parei nisso por falta de ferramentas. Há um post atualizado sobre isso (A Maquete do Cristiano 2012). Foi em 2012 que eu comecei a trabalhar com vendas de ônibus, justo em 22 de agosto. Devido ao destrato do dono da pequena fábrica (Maxibus), perdi uma mega venda de 200 unidades. No entanto as pessoas responsáveis pela compra e pelo financiamento assistiram o meu empenho e me conduziram à Mascarello. Essa movimentação me tirou do hobby, eu tinha de recuperar anos perdidos sem sucesso e lutar por um espaço de mercado tomado por empresas que estavam aqui há mais de 10 anos. 

Então há alguns meses atrás eu comprei uma chapa de compensado para terminar a parte estrutural e me deparei com uma junção de um sarrafo do tablado que não me permitia removê-la sem danos. Isso me desestimulou a finalizar a alteração para o LOOP passar até eu ter ferramentas para não danificar o tablado. Então eu fui me dedicar a fazer mais vendas. No entanto, vender ônibus não é tão fácil porque o vendedor ao se dedicar a abrir mercado para uma empresa desconhecida na região dele, uma negociação pode demorar 3 meses. Depois mais três semanas para liberar o crédito e depois mais 45 ou 50 dias para terminar o ônibus e só 15 ou 30 dias depois para receber a comissão........ parcelada em até 3 vezes e nem sempre no percentual concordado em contrato.

Nos últimos dois meses, eu trabalhei ainda mais para que eu pudesse sustentar-me com dignidade e voltar ao hobby com plenitude e ajudar vocês a fazer belas maquetes, mostrar produtos inovadores e isso custa dinheiro. Também estou envolvido num projeto de transporte que embora seja rodoviário, vocês irão apreciá-lo muito e com ele quero difundir o ferromodelismo. 

A cultura do ferromodelismo disperta os praticantes a conhecer outras culturas como história, engenharia, física, eletro-eletrônica, línguas, arquitetura, pintura, artesanato, desenho industrial e política. Sem marxismo pra cima de mim, pelo Amor de Deus! Por isso, eu a cada vez mais vejo a necessidade de estar melhor financeiramente para ensinar a vocês esse lindo hobby de maneira simples e sofisticada porém não complexadamente.

E vamos que vamos.

Um abraço,

Cristiano Arruda



2 comentários:

Lucas Schultheiss Monteiro disse...

Que bom que você voltou a postar. Nossas histórias, nossas superações é que fazem com que a gente seja diferente um do outro. Quando tudo isso é superado é que temos um motivo a mais para valorizar quem somos. Digo isso, porque também por uma barra muito pesada. E agora estou tendo que recomeçar. E digo, recomeçar mesmo. Estou procurando um novo lugar para morar e já comecei encaixotar as coisas, inclusive todo o material que comprei para iniciar a minha primeira maquete, que vai retratar uma paisagem real que conta a história da ligação da minha família com os trilhos.

FERROMODELISMO disse...

Caríssimo Lucas.

Obrigado pelas palavras de compreensão e expor a sua experiência.

Realmente tive dias para vir postar alguma coisa e mesmo dar algum andamento à minha maquete, mas andei muito desanimado com algumas coisas e ao mesmo tempo envolvido num projeto sério que trará muitos benefícios ao hobby dentro de alguns meses.

A sua mensagem me deu um super estímulo! Volto ao hobby com mais vontade. Obrigado!